Completo. Lê-se de cima para baixo

1980

No Verão de 1980, em viagem calma a Paris, em Dyane, com a família recente – 9 dias para lá, estada de 10 dias no parque de campismo do Bois de Boulogne, e 9 dias para cá – fui visitar o meu antigo patrão de vindimas. Levava-lhe um Porto e um Verde branco, para que ele e a família ficassem a conhecer duas das especificidades da nossa vinicultura. Fui recebido pela mulher e pela filha que me informaram contristadas que monsieur Ricou já tinha falecido.
Procurei também o padeiro. Já não morava naquela casa que eu conhecera mas, perguntando, acabei por obter uma morada na cidade costeira de La Rochelle, mais a norte. Tinha casado com uma (também) surda e recordámos prazenteiramente, no meio de muitos gestos, aqueles dias de há 4 anos. Também lhes deixei um Porto e um Verde.

1 Comments:

At 9/8/08 23:27, Blogger RESSACA ® said...

Pedindo antecipadas desculpas pela “invasão” e alguma usurpação de espaço, gostaríamos de deixar o convite para uma visita a este Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

 

Enviar um comentário

<< Home

Mais recente›